Um compilado para quem não entende nada mas tem certo apreço e curiosidade pela cultura popular da Coreia do Sul.

K-pop é assim, ou você manja ou você não faz ideia do que seja. E quem se aventura por esse mundo já sabe que é um caminho sem volta. O korean pop é uma cultura originalmente da Coreia do Sul, que já teve seus altos e baixos e, recentemente, tem se destacado como um dos fenômenos da cultura de massa mais exuberantes, modernos, extravagante e que arrasta multidões pelo mundo todo na última década.

São girls e boy bands com mais de uma dezena de pessoas produzindo hits em escala industrial. O PSY com seu recordista “Gangnam Style” que não me deixa mentir. Clipes que hipnotizam e te deixam perplexo por tanta perfeição de coreografias e passinhos. Portanto, compilamos o basicão do k-pop, para celebrar esse mundo de muitas cores e informações que acontece num só piscar de olho. Saca só:

Army

Para começar essa imersão no pop sul-coreano, não podemos deixar de falar da fanbase mais ativa e briguenta da internet. A Army é o fandom do Beyond The Scenes, mundialmente conhecida como BTS. A boy band coreana deve muito à sua base de fãs espalhada pelo mundo todo porque eles não desgrudam das redes sociais e, a qualquer peido da banda, eles estão lá aplaudindo.

BTS

Bangtan Boys, (do inglês Beyond The Scenes) ou simplesmente BTS. A boy band sul-coreana tem quase cinco anos de estrada e hoje é um estrondo global. Com sete rapazes compondo o grupo, o BTS vem conquistando o mercado norte-americano e boa parte do ocidente. Ídolos de muitos adolescentes mundo afora, o BTS têm cinco álbuns lançados e vem fazendo participações com grandes nomes da música gringa, como Nicki Minaj e Steve Aoki.

 

Cool

Há 24 anos na estrada, o grupo Cool é um dos poucos grupos mistos que estão na ativa na Coreia.

Exo

Considerada os rivais do BTS, o EXO também é um boy band cheia de hits. São nove caras, cheios de danças e performances que levam o sucesso do k-pop mundo afora. São referências para muitas boy band que estão começando

 

Dorama

É o dramalhão asiático. Produções televisivas de alta qualidade feitas para conquistar a alma dos adolescentes. Os brasileiros também acompanham algumas doramas.

 

 

Fan rice (arroz de fã)

Bem, o fan rice são sacos de arroz que os fãs doam para os seus ídolos k-pop. Quê? Sim, os fãs doam esses sacos como um símbolo de fidelização e comprometimento com o artista. Existem empresas na Coreia do Sul que vendem esses sacos estilizados com as características do fandom e das estrelas k-pop.

 

Girls’ Generation

As Girls’ Generation já estão na labuta há mais de 10 anos. Elas estão entre as primeiras girl bands que alcançaram fama a nível mundial e reconhecimento no mercado ocidental, principalmente americano. O single “GEE” ficou no topo da lista de refrões ícones do k-pop no século 21 pela Billboard

 

Hip hop coreano

O k-pop não é exclusivamente pop chiclete. Acontece que vários gêneros musicais que estamos acostumados aqui utilizam a estética k-pop e criam-se ramificações da cultura. E um deles é o hip hop. Um dos cantores mais populares é o Jay Park, que hoje faz parte da Roc Nation, gravadora do rapper Jay Z.

Instiz

A parada musical da Coreia do Sul. que divulga os charts e músicas mais tocada pelo país. Sim, é tipo a Billboard, porém com dados mais acessíveis e instantâneos do que está bombando por lá.

Jessie

Ex-integrante do grupo Lucky J, Jessie continuou solo como cantora e rapper que tem uma pegada entre Rihanna no começo da carreira e muito do que Nicki Minaj já faz.

 

K-poper

Admirador e fã da cultura k-pop.

Queer idol

Holand, foi um dos primeiros artistas a se declarar abertamente LGBT na Coreia do Sul, um país lembrado pelo seu conservadorismo. Seu primeiro single, “Neverland”, fala sobre um relacionamento homoafetivo e foi classificado como +19 em seu país.

 

Red Velvet

O quinteto Red Velvet é super estourado na Coreia também. As meninas ganharam atenção após se encontrarem com o líder norte-coreano Kim Jong-um, que se declarou um apreciador da musicalidade da vizinha Coreia do Sul. Autoritarismo k-popper.

Nos siga nas redes sociais!

Youtube

Leave a Reply

Your email address will not be published.